sexta-feira, 11 de maio de 2012

Um momento catártico...

Sozinha em casa.
Geralmente, fico feliz, quando estou sozinha.
Mas, naquele dia, estava completamente melancólica.
Olhei para a lua.
Estava linda, cheia e radiante.
Pedi para ela, um consolo, um afago, uma resposta.
Uma lágrima caiu dos meus pequenos olhos castanhos.
Mandei uma mensagem para um querido amigo.
Não o conhecia pessoalmente, mas encontrava nele, um grande carinho e uma grande amizade, mesmo tendo conversas via msn e sms.
Conversamos sobre a nossa fascinação pela lua e de como eu estava inspirada para escrever. A melancolia me inspira. ^^
E enfim, escrevi.
Palavras soltas, frases curtas, letras de músicas que gostava...Tudo era válido e significativo para mim.
E me vi, inteira.
Aquele momento era libertador, vivo, pulsante e mágico.
Liguei o notebook. Procurei uma música, que me agradasse.
Lembrei de uma banda, que a muito tempo não ouvia.
Pink Floyd.
Deixei a música tocar e fluir sobre os meus ouvidos.

''Tired of lying in the sunshine staying home to watch the rain.
You are young and life is long and there is time to kill today.
And the one day you find ten years have got behind you.
(...)
And you run and you run to catch up white the sun, but it`s sinking.
And racing around to come up behind you again...''

''Cansado de deitar-se à luz do sol e ficar observando a chuva.
Você é jovem,a vida é longa, e há tempo para matar hoje.
E um dia, depois, você descobrirá que dez anos ficaram para trás.
(...)
Mas você corre e corre, para alcançar o sol, mas ele se põe.
E gira ao redor para renascer às suas costas novamente...''

Fui abduzida para uma espécie de transe, observando planetas e constelações. Tudo ao meu redor era lúdico e mágico.
A canção terminou e fui dormir.
Sonhei com borboletas e fadas, batendo asas para mim. ^^

Trilha sonora: Pink Floyd- Time

Um comentário:

  1. Ler isso me transmitiu uma tranquilidade tremenda, obrigada por isso.

    ResponderExcluir